Foguetório no Rio atrapalha sessão que julga Bolsonaro no TSE. Veja vídeo

Ministros estão participando de sessão remota por causa do coronavírus, e Sérgio Banhos, que mora no Rio de Janeiro, enfrentou problemas

atualizado 09/06/2020 19:50

As medidas de isolamento social para ajudar a evitar o avanço do coronavírus estão apresentando muitos brasileiros ao teletrabalho, incluindo os ministros de cortes superiores. E, na sessão desta terça (09/06) do Tribunal Superior eleitoral (TSE), que julga ações que pedem a cassação do presidente Jair Bolsonaro, o ministro Sérgio Banhos enfrentou um problema típico de trabalhar em casa: o barulho na vizinhança.

A sessão ainda estava na parte administrativa, antes de falar das denúncias contra a chapa presidencial, quando Banhos tentou falar em meio a um imenso foguetório no Rio de Janeiro, onde mora.

“Vossas excelências estão me escutando?”, questiona ele aos colegas, depois de falar com algum esforço.

Alguns ministro dão risadas, e Luiz Roberto Barroso toma a palavra para lembrar, com bom humor, que os ouvintes são idosos e não estão conseguindo distinguir o voto.

Veja as cenas:

Últimas notícias