Governo adia implantação da nova carteira de identidade para 2020

O documento foi lançado em caráter experimental em fevereiro do ano passado e deveria começar a valer em março

atualizado 22/02/2019 10:42

Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) adiou para 1º de março de 2020 o prazo para que os órgãos de identificação adotem os padrões da nova carteira de identidade do país, que foi lançada em caráter experimental em fevereiro do ano passado pelo governo federal e batizada como Documento Nacional de Identificação (DNI).

Pela regulamentação original, prevista no Decreto 9.278/2018, a implantação do novo modelo deveria ocorrer já a partir de 1º de março deste ano. A mudança da data consta de decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (22/2).

O DNI será digital e, quando estiver integralmente pronto, dispensará a apresentação de outros papéis de identificação como CPF, certidão de nascimento, casamento ou título de eleitor.

Mais lidas
Últimas notícias