Homem atira em companheira grávida, arrepende-se e a leva para hospital

O tiro atravessou a mão dela e atingiu a boca, ela implorou pela vida e ele resolveu salvá-la, socorrendo-a até uma unidade médica

atualizado 15/06/2020 12:15

Uma mulher de 31 anos, gestante, sofreu uma tentativa de feminicídio dentro de sua própria casa, em um garimpo ilegal na zona rural de Aripuanã (700 km de Cuiabá) nesse domingo (14/06).

Ela foi atingida por um tiro disparado pelo companheiro, implorou pela vida e o fez se arrepender de tentar matá-la. O homem, então, a socorreu e a levou para o Hospital Municipal de Aripuanã, onde ela recebeu socorro médico.

Leia a reportagem completa em O Livre, parceiro do Metrópoles. 

Mais lidas
Últimas notícias