Menino que usava wi-fi de açougue para estudar na rua ganha R$ 80 mil

Willian mora em um distrito a cerca de 30 km de Goiânia e foi um dos milhões de brasileiros que tiveram a vida afetada pelo coronavírus

atualizado 13/06/2020 10:37

Um menino sentado no banco de uma praça, com caderno e celular na mão. Pode parecer uma cena comum, mas no caso de Willian Vieira, de 13 anos, é um esforço para conseguir estudar. A história do menino de Goiás, que estudava na rua para aproveitar o sinal de Wi-Fi de um açougue teve um final feliz: com a repercussão do caso, ele ganhou mais de R$ 80 mil em uma vaquinha online.

Willian mora em um distrito a cerca de 30 km de Goiânia e foi um dos milhões de brasileiros que tiveram a vida afetada pela pandemia do novo coronavírus: sem internet em casa porque a família precisou cortar gastos, ele passou a estudar todos os dias na praça em frente ao açougue para conseguir acessar os conteúdos.

Leia a matéria completa no site do BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias