Haddad: “Imprensa não deixa Bolsonaro mentir nem no 1º de abril”

Mais cedo, o presidente informou uma suposta crise de abastecimento em Minas Gerais. Contudo, foi desmentido pelo Ceasa

atualizado 01/04/2020 14:48

O ex-prefeito de São Paulo e candidato derrotado à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), usou as redes sociais, nesta quarta-feira (01/04), para dizer, indiretamente, que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mente.

Segundo Haddad, “a imprensa não deixa Bolsonaro mentir nem no 1º de abril”. “Ele vai chorar de novo”, escreveu.

Mais cedo, o chefe do Executivo chegou a apagar um vídeo que havia postado no Twtter. Isso porque ele informou um suposto desabastecimento em Minas Gerais. Contudo, foi desmentido pela Centro de Abastecimento (Ceasa) da região.

O vídeo publicado por Bolsonaro contestava a ação de governadores e prefeitos frente à pandemia do novo coronavírus.

Mais lidas
Últimas notícias