“Miliciano de toga”, afirma Haddad sobre Sergio Moro

A declaração foi feita durante a Executiva Nacional do PT, nesta quinta-feira (14/11/2019), em Salvador

atualizado 14/11/2019 17:13

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Fernando Haddad criticou a atuação do ex-juiz federal, hoje ministro da Justiça, Sergio Moro, na prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e se referiu ao ex-magistrado como “miliciano de toga”. A declaração foi feita durante a Executiva Nacional da legenda, nesta quinta-feira (14/11/2019), em Salvador. As informações são do Uol.

“Não é brincadeira uma pessoa [Lula] com 72 anos à época, que sabia que aquela decisão do Moro não tinha nada a ver, era uma decisão política do Moro, era um agente político, uma espécie de miliciano de toga, porque o que ele faz é coisa de miliciano“, destacou Haddad.

Relembre
Sergio Moro foi o responsável por condenar o ex-presidente em 1ª instância no caso do triplex do Guarujá, na época em que era juiz federal. Lula foi solto após 580 dias seguindo decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) determinando que o réu só pode começar a cumprir pena após esgotados todos os recursos.

Mais lidas
Últimas notícias