Cidade mineira recua na flexibilização após aumento da Covid-19

Desde a reabertura do comércio em Ribeirão das Neves, número de casos da Covid-19 saltou de dois para 179. Três óbitos foram registrados

atualizado 14/06/2020 20:27

A prefeitura de Ribeirão das Neves (MG) decidiu recuar na flexibilização das medidas de combate ao novo coronavírus. O aumento expressivo de casos confirmados da doença na região metropolitana de Belo Horizonte e a oscilação na ocupação de leitos na capital impactou o processo de reabertura gradual do comércio.

Desde o dia 22 de abril, quando Ribeirão das Neves optou por reabrir o comércio, o número de casos da Covid-19 saltou de dois para 179. Já o número de mortes saiu da estaca zero para três óbitos em decorrência da doença.

De acordo com o novo decreto assinado pelo prefeito Moacir Júnior (PSC), o uso de máscaras na cidade passa a ser obrigatório. Além disso, os estabelecimentos deverão limitar o acesso de clientes garantindo o distanciamento e disponibilizar álcool gel.

Leia mais no BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias