Secretário de Saúde de MT pode ser responsabilizado por morte de idoso

Problema, segundo Ministério Público, é que o boletim diário do governo atestava a existência de 120 leitos vazios

atualizado 10/06/2020 17:05

Ednilson Aguiar/O Livre/Divulgação

Secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo pode ser responsabilizado pela morte de um idoso diagnosticado com Covid-19.

É que, embora o boletim diário do governo tivesse apontado a existência de 120 leitos de UTI disponíveis na rede estadual, para os médicos que atenderam o paciente a informação foi de que não havia vaga para atendê-lo.

Leia a matéria completa no site O Livre, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias