Tiroteio na Rocinha deixa pelo menos um morto e três feridos

De acordo com informações da Polícia Militar do Estado Rio de Janeiro (PMERJ), morto era suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas

atualizado 14/06/2020 13:11

Um tiroteio na manhã deste domingo (14/06), na favela da Rocinha, deixou um morto e pelo menos três feridos no Rio de Janeiro (RJ). De acordo com informações da Polícia Militar do Estado Rio de Janeiro (PMERJ), o morto era suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas.

Entre os feridos está um policial que atua na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, e um jovem, de 22 anos, atingido na mão quando saía da casa da namorada.

Em nota, a PMERJ afirmou que os agentes estavam “se deslocando para assumir o serviço quando foram atacados a tiros por criminosos fortemente armados que estavam no interior de pelo menos três veículos”. “Houve confronto e duas viaturas foram atingidas, um dos policiais sofreu um ferimento por estilhaços no braço e foi socorrido ao Hospital Municipal Miguel Couto”, completa a corporação.

A ocorrência será investigada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) e foi encaminhada à Delegacia de Homicídios.

Desde o início do mês, a PM está proibida, por força de decisão liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, de fazer ações em comunidades durante a pandemia do novo coronavírus. Operações só poderão ser feitas com ordem por escrito da autoridade competente e comunicação imediata ao Ministério Público do Rio (MPRJ).

Últimas notícias