172.16.1.217 ip-172-16-1-217 hom.metropoles.com O charme vintage que não sai de moda – Metrópoles

O charme vintage que não sai de moda

Chamado também de modernista, com suas nuances orgânicas e modernas, o estilo é até hoje reverenciado e buscado para projetos contemporâneos

atualizado 07/09/2018 20:13

O período entre 1920 a 1970 foram os 50 anos mais efervescentes da produção do design moveleiro. A elaboração quase artesanal dos objetos da casa é impactada pela revolução industrial já estabelecida, transformando o lar das pessoas em casas funcionais, modernas, descontraídas, coloridas. Com a produção em larga escala, as madeiras moldadas no vapor entraram em cena, junto ao uso da fibra de vidro, do polipropileno e do aço, entre outros… e foi aí, quando as possibilidades de materiais se abriram, que abriu-se também a cabeça dos designers para um universo de infinitas possibilidades de formas, texturas, cores, funções. Liberdade artística total.

Os móveis coloniais, de madeira talhadas. Os tecidos robustos e os estampados florais e arabescos. A seriedade barroca da indústria moveleira deixa a cena, em especial nos lares do mundo ocidental.

Contemporâneos à revolução do vapor, o mundo teve a sorte de ver nascer uma leva absurdamente talentosa de arquitetos e designers: Werner Panton, o casal Charles e Ray Eames, Arne Jacobsen, Lina Bo Bardi, Eero Saarinen, Harry Bertoia, Sérgio Rodrigues, Zanini, Oscar Niemeyer, entre tantas outras mentes brilhantes que desenharam a identidade dos lares da metade do século 20.

A inovação aliada à beleza e à função fizeram destes móveis verdadeiros ícones, sendo considerados algumas das peças mais bonitas do design. O estilo, chamado por alguns de vintage, por outros, de modernista, com suas nuances arredondadas, orgânicas e modernas, até hoje é reverenciado e buscado para projetos contemporâneos.

Porque ele não apenas expressa a criatividade nascida com uma nova forma de viver, mas reverenciava uma etapa inédita para a humanidade. Talvez esse frescor seja o que mantém esse estilo tão querido nos dias atuais.

Inspire-se por um tour por essa casa absolutamente vintage e, ainda assim, absolutamente contemporânea: