Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Dermatologista Lucyanna Baracat ensina como fazer limpeza de pele em casa

Saiba quais são os erros mais comuns e aprenda receitas de máscaras caseiras que vão deixar sua pele perfeita!

atualizado 12/05/2020 10:45

Lucyanna BaracatCortesia

Em isolamento social em razão do novo coronavírus, muitas pessoas se encontram impossibilitadas de frequentar consultas dermatológicas ou clínicas de estética para realizar procedimentos de cuidados com a pele. Há quem perceba a oleosidade e o surgimento de cravos e espinhas no rosto e não saiba como agir nessas horas.

Para evitar que erros aconteçam, a coluna Claudia Meireles conversou com a dermatologista brasiliense Lucyanna Baracat. O objetivo é ensinar como fazer uma limpeza de pele caseira.

Confira as dicas valiosas da especialista:

Limpeza de pele caseira

O primeiro passo é assepsia com um sabonete específico para a área do rosto. A médica sugere lavar a região normalmente, fazendo movimentos circulares para remoção de todos os resíduos decorrentes da poluição do ar, da oleosidade natural da pele, da maquiagem ou de qualquer outro cosmético usado anteriormente.

Em seguida, faça esfoliação. “Em um recipiente com água morna, mergulhe uma toalha limpa e depois repouse-a sobre o rosto por cerca de dois minutos, repetindo o processo quando a água estiver fria. Dessa maneira, seus poros ficarão mais abertos, e a pele estará pronta para aplicarmos o esfoliante que pode ser um produto comprado especificamente para esse fim ou ainda podemos usar a máscara caseira esfoliante”, ensina.

Mulher se olha no espelho
Cuidados com a pele

Lucyanna afirma que o produto deve ser aplicado em movimentos circulares com leves pressões sobre a pele. “Esta etapa é essencial para a renovação celular e, por isso, é natural que a pele fique avermelhada”, lembra.

A terceira etapa consiste em tonificar a pele. Após lavar o rosto com água fria para remover todo o esfoliante, passe uma loção tônica e adstringente apropriada para o seu tipo de pele. Essa ação também promoverá o fechamento dos poros.

Após o processo, hidrate e proteja! “É necessário recuperar a hidratação da pele com o borrifador de água termal, seguida de aplicação de um hidratante. Se a limpeza de pele for feita durante o dia, não se esqueça de passar o protetor solar“, destaca.

Rosto de mulher com protetor solar
Protetor solar é item essencial para o cotidiano
Cravos e espinhas. Como prosseguir?

Segundo a dermatologista, na limpeza de pele realizada por um profissional, utiliza-se um produto emoliente específico para esse fim, além do vapor de ozônio. “Dessa forma, conseguimos extrair os comedões (cravos) do rosto de forma segura e sem machucar a pele”, explica.

Em casa, não se deve retirar cravos ou espinhas, pois o “ato de espremer causa uma ferida na pele e acaba piorando ainda mais a inflamação causada pela acne, podendo resultar em cicatrizes e manchas na pele”, alerta.

Limpeza correta

O ideal, de acordo com Lucyanna, é lavar o rosto duas vezes ao dia, pela manhã e pela noite. O sabonete de limpeza deve seguir a especificação da área e do tipo de pele (oleosa, seca ou mista).

Sem manchas!

O protetor solar pode ser nosso melhor amigo. Ele deve ser usado diariamente, “de forma rotineira, independentemente de ser um dia ensolarado ou chuvoso”. Capriche no produto pela manhã e reaplique após o almoço.

Lucyanna Baracat costuma indicar filtro solar com proteção acima de 60 e, preferencialmente, com cor, para “proteger a pele da luz visível, e dessa forma evitar manchas”.

Esfoliação

Segundo a profissional, pode-se esfoliar a pele uma e duas vezes por semana. “Cuidado com o excesso, pois podemos estimular as glândulas sebáceas e a piora do quadro de acne”, antecipa.

Ela também explica que o produto ideal é aquele específico para a área de tratamento. Por exemplo, um esfoliante para o rosto possui micropartículas delicadas para promover a retirada de células mortas, sem irritar a pele. Já os corporais, possuem micropartículas maiores e mais grossas, apropriadas para outras áreas.

Máscaras caseiras, pode?

Sim! De acordo com a dermatologista, no período de reclusão social, recorrer à máscaras caseiras pode dar um boost de hidratação, renovação celular ou controle de oleosidade da pele.

Aprenda a fazer em casa três opções de máscaras faciais:

Receita de máscara facial hidratante receita de máscara facial esfoliante receita de máscara facial detox

Erros comuns

Sem orientação médica, costumamos errar nos pequenos detalhes e causar danos à pele. Um erro bastante comum, conforme lembra Lucyanna, é utilizar sabonetes não específicos para a área do rosto. O hábito é responsável por causar a chamada acne cosmética e o ressecamento da região.

Espremer ou cutucar espinhas e cravos é outro costume que deve sair da lista. “Essa atitude piora a inflamação da acne e pode, muitas vezes, causar manchas (hiperpigmentação pós-inflamatória) na área”, informa.

Outro erro é não usar o filtro solar diário, lembrado por muitas pessoas apenas em dias de praia ou de exposição ao sol.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias