Carros em uma velocidade e precisão que você ainda não viu.

E-tron, primeiro carro 100% elétrico da Audi, é lançado no Brasil

Novo SUV tem dois motores que, combinados, chegam a 408cv. Veículo tem autonomia de 436 km e preço inicial é de R$ 499 mil

atualizado 29/04/2020 17:19

Divulgação/Audi

A Audi anunciou nesta quarta-feira (29/04/2020) o início da comercialização do E-tron, primeiro modelo 100% elétrico da fabricante no Brasil. Altamente tecnológico e aguardado pelos fãs desde o Salão do Automóvel de 2018, o SUV alemão chega ao país com preços a partir de R$ 499.990 e em duas versões: Performance e Performance Black.

Com o compromisso global de ser uma empresa totalmente neutra em emissão de carbono até 2050, Johannes Roscheck, CEO e presidente da Audi do Brasil, destaca que o lançamento é o início de uma nova fase de sustentabilidade da marca.

Para nós, o E-tron não é apenas um carro. Ele é o protagonista da nova era e inicia a ofensiva elétrica da Audi de zero CO2 no Brasil

ohannes Roscheck, CEO e presidente da Audi do Brasil
Divulgação/Audi
E-tron é o primeiro modelo 100% elétrico da Audi

Roscheck também ressalta a maior rede de recarga instalada no país. “Investimos mais de R$ 10 milhões em infraestrutura na instalação de 200 pontos distribuídos pelo Brasil”.

Potência esportiva

O novo veículo da Audi é equipado com dois motores elétricos, que resultam na potência combinada de 408 cavalos, e bateria de íons de lítio, composta por 36 módulos com 96 kWh, localizada no assoalho do automóvel, tornando-o mais dinâmico e estável durante a direção. O modelo também conta com a nova geração da tração Quattro, própria da Audi, que realiza uma regulagem contínua e variável da distribuição de torque entre os eixos.

Outros pontos a serem destacados são a recuperação de energia durante a desaceleração e a autonomia alcançada. Segundo a fabricante, o E-tron pode fazer até 436 quilômetros com uma carga completa. Já o sistema de recarga rápida, em carregador 150 kW, permite a alimentação de até 80% da bateria em apenas 30 minutos.

0

Entre as tecnologias oferecidas está a suspensão a ar adaptativa, que permite o ajuste em até 7,6 cm para cima ou para baixo, garantindo maior agilidade e adaptabilidade em diferentes tipos de terrenos. Ao todo, são sete modos de condução: auto, comfort, efficiency, offroad, all road, individual e dynamic.

Design futurista

Sem dúvidas, o design completo do novo E-tron é um destaque a parte. A começar pela substituição dos espelhos retrovisores por duas câmeras com transmissão da imagem, em tempo real, para dentro do automóvel em uma tela de 7 polegadas. No interior, outras três telas ajudam o motorista. A do quadro de instrumentos tem 12,3 polegadas, enquanto duas touchscreen de 10,1 polegadas e 8,6 polegadas compõem a central multimídia.

Divulgação/Audi
O retrovisor virtual é uma das grandes novidades do E-tron

A lataria parruda e esportiva também chama a atenção. Na parte traseira, a lanterna é dividida em sete filetes de led, dando a sensação de amplitude do carro. Para completar o visual imponente, o farol dianteiro aponta para a grade do veículo, que possui o típico formato octogonal dos SUVs da fabricante.

Por dentro, o acabamento utiliza materiais como couro, alumínio e madeira, que dão o charme final para conquistar o motorista. O E-tron possui ajustes elétricos nos bancos, comando de voz inteligente, teto solar panorâmico, oito airbags, controle de cruzeiro adaptativo com assistente de faixa e frenagem automática emergencial, quatro entradas USB, câmeras 360º, iluminação interna com ajustes de cores e porta-malas com abertura elétrica.

O carro também promete ser totalmente silencioso. E não apenas por ser elétrico, mas porque traz tecnologia de isolamento acústico e resistência ao vento. A área ganha por meio do retrovisor virtual, por exemplo, resulta em uma aerodinâmica mais sofisticada e menos resistência do ar, diminuindo assim os ruídos.

0

Audi E-tron

  • Motor: dianteiro, elétrico, transversal, trifásico
  • Potência: combinada de 408 cv e torque combinado de 67,5 kgfm
  • Bateria: 36 módulos de íons de lítio, 95 kWh. Autonomia de 436 km em ciclo WLTP
  • Câmbio: automático, 1 marcha, tração AWD
  • Suspensão: duplo-A (dianteira)/multilink (traseira)
  • Freios: discos ventilados
  • Rodas e pneus: liga leve, 265/45 R21
  • Dimensões: 490,1 cm (comprimento) x 193,5 cm (largura) x 161,1 cm (altura). E 292,8 cm (entre-eixos)
  • Porta-malas: 660 litros
  • Preços: a partir de R$ 499.990

Últimas notícias