Celebridades, subcelebridades e tudo sobre televisão de maneira ácida e divertida.

Acusado de agressão, MC Livinho dispara: “Me respeite, seus arrombados”

Cantor usou suas redes sociais para desabafar sobre as acusações envolvendo seu nome

atualizado 13/06/2020 16:27

Reprodução

MC Livinho, que vem sendo acusado de agredir física e verbalmente colegas de trabalho, decidiu se pronunciar. O cantor usou seu perfil do Instagram neste sábado (13/06) para negar as acusações e pedir respeito.

Ele iniciou o desabafo dando uma alfinetada em MC Gerex, que o acusa de agressão física. “Eliziezer, chamei até de irmão, acreditei no sonho e nunca te deixei faltar nada. Sempre quando me procurou, eu estendi a mão. Fui empresário, fui irmão e, hoje, sou tratado como racista, mau-caráter e etc. Eu posso provar que esse aqui foi safado e talarico com a mulher do meu DJ. Lobo em pele de cordeiro”, começou Livinho.

0

O cantor  também criticou a modelo e dançarina Raielli Leon, que afirma ter recebido olhares racistas do funkeiro durante as gravações de um clipe.

“E para a outra menina, que disse que eu sou racista. Falsa, a sua máscara vai cair!”, disse Livinho.

Para finalizar, ele mandou um recado curto e grosso: “Me respeite, seus arrombados. Eu nunca pisei em ninguém para chegar onde estou”.

Entenda
Na última segunda-feira (8/06), MC Gerex divulgou um vídeo mostrando a boca machucada e acusou MC Livinho, com quem trabalha, de agressão. A briga entre eles teria começado porque Gerex reclamou que o cantor estava atrasando a gravação de novas músicas.

“Acabando de sair daqui de Indaiatuba. Não falei nada para o cara e ele me agrediu na frente de todo mundo. Livinho me agrediu por nada. Nunca fiz nada!”, declarou MC Gerex. Ele ainda afirmou que Livinho costuma ser violento com toda equipe.

“Ganho 1.500 reais e nunca fiz nada demais. Só queria gravar. Tinha um monte de música para soltar. Falou que a gente era parceiro. Me saudou com a paz de Deus. Olha o que ele fez no final. Sempre agrediu todo mundo da equipe, nunca tinha me agredido”.

Já a modelo e dançarina Raielli Leon contou nos Stories do Instagram na terça-feira (02) que foi vítima de racismo e assédio por parte do funkeiro, com quem gravou um clipe há cerca de 3 anos.

Últimas notícias
Mais lidas