Covid-19: famílias do DF gastaram R$ 3 mi do bolsa alimentação

Programa foi criado, emergencialmente, para suprir a merenda escolar de estudantes da rede pública de ensino em meio a pandemia

atualizado 23/03/2020 19:30

A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEE-DF) divulgou, nesta segunda-feira (23/03), balanço sobre uso da bolsa alimentação. Segundo levantamento da pasta, os beneficiários já usaram R$ 3.239.283,63 para comprar produtos alimentícios.

O montante representa quase metade de todo o total disponibilizado aos beneficiários do programa. Ao todo, são R$ 6,7 milhões que poderão ser gastos pelos contemplados até o retorno do período escolar.

Atualmente, as aulas da rede pública e particular de ensino estão suspensas por determinação do Governo do Distrito Federal (GDF) como meio de prevenção ao novo coronavírus.

O levantamento mostra gasto médio diário de R$ 37,11 por família. As maiores compras foram computadas entre sexta-feira (20/03) e domingo (22/03).

Quase 90% dos gastos ocorreram em hipermercados, em seguida estão: atacados (7,88%) e hortifrutigranjeiros (3,34%).

O bolsa alimentação foi criado, emergencialmente, para suprir a merenda escolar de estudantes da rede pública de ensino. No total, 106 mil estudantes estão sendo beneficiados, o que corresponde a quase 70 mil famílias.

 

Mais lidas
Últimas notícias