No DF, Água Mineral reabre nesta segunda com acesso limitado de visitantes

Serão permitidas 300 pessoas por dia no parque e apenas uma trilha estará disponível para os frequentadores

atualizado 15/06/2020 10:38

Reprodução

O Parque Nacional de Brasília, também chamado de Água Mineral, voltou a receber o público na manhã desta segunda-feira (15/06). O local estava proibido de receber visitantes desde o dia 18 de março, no intuito de prevenir o contágio pelo coronavírus, e reabre com restrições de horário e número de pessoas, mas sem cobrança de ingresso.

Nesta primeira fase de volta às atividades, estará liberada apenas a trilha Cristal Água, de cinco quilômetros, além do acesso de asfalto a ela desde a bilheteria, até as 15h. Piscinas e a trilha Capivara permanecerão fechadas por 30 dias, período que pode ser prorrogado.

O número de visitantes permitidos diariamente foi reduzido para o limite de 300 pessoas: 150 no período das 8h às 12h, e 150 visitantes entre as 12h e as 15h. O horário de permanência é até as 17h. É obrigatório o uso de máscaras durante todo o tempo de permanência no parque.

Já no segundo mês de reabertura, o limite de visitação subirá para 400, com entrada permitida das 8h às 16h.

A administração é responsável por limpar e desinfectar frequentemente os espaços, pisos, corrimãos, bancos, lixeiras e outros objetos de uso coletivo. Todo o material de leitura, como jornais, revistas e panfletos, foram recolhidos para evitar a transmissão indireta do vírus.

Administrado pelo governo federal, por meio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), esta é a quarta unidade de conservação reaberta no país, duas no Rio Grande do Sul e outra no Paraná.

0

Últimas notícias