172.16.1.217 ip-172-16-1-217 hom.metropoles.com Ibaneis e Eliana se estranham sobre relações de empresas com o GDF – Metrópoles

Ibaneis e Eliana se estranham sobre relações de empresas com o GDF

Advogado questiona adversária sobre R$ 400 milhões recebidos pelo grupo da família. Ex-deputada pergunta sobre ações do escritório do rival

Igo Estrela/Metrópoles Igo Estrela/Metrópoles

atualizado 25/09/2018 0:05

Ibaneis Rocha (MDB) e Eliana Pedrosa (Pros) trocaram acusações, durante o debate do Metrópoles, nesta segunda-feira (24/9), sobre as relações dos negócios particulares de ambos com a administração pública. O emedebista foi o primeiro sorteado do terceiro bloco, quando os candidatos perguntaram uns aos outros. Ele escolheu questionar a adversária sobre a ligação das empresas terceirizadas da família dela com o Executivo.

“A senhora vem afirmando que as empresas do seu grupo familiar não terão contratos com o governo, mas me parece contraditório, porque durante todos esses anos que você estava com mandato [na Câmara Legislativa e na Secretaria de Desenvolvimento Social] todas essas empresas tiveram contrato com o GDF”, disparou o emedebista.

Veja a entrevista abaixo:

 

O advogado ainda perguntou sobre o destino do contrato do estacionamento da Centrais de Abastecimento do DF (CEASA), que é administrado por parentes da candidata.

Segundo Eliana, quando ela foi deputada distrital as empresas prestavam serviço ao Executivo. “Há uma independência dos poderes e nunca houve nenhuma interferência minha. Sobre o estacionamento, a administração é que está privatizada”, afirmou a representante do Pros.

Réplica
A postulante também falou dos negócios do adversário, que é advogado trabalhista conhecido por representar servidores públicos em causas contra o Distrito Federal. “Porque você não renuncia também às ações que seu escritório está patrocinando contra o Estado?”, contra-atacou Eliana.

“A diferença é que eu era advogado privado e nunca tive cargo público. A senhora devia devolver os R$ 400 milhões que recebeu quando estava na secretaria e como deputada distrital”, respondeu Ibaneis. Sobre o estacionamento do Central de Abastecimento do DF (Ceasa), o emedebista disse que vai “quebrar o contrato”, caso seja eleito.