Vídeos: em Águas Claras, mulher pede para pessoas saírem nas ruas

Na contramão do decreto do governo e do que recomendam especialistas, mulher, que usou carro de som, diz que "basta usar máscara"

atualizado 09/04/2020 13:19

carro de somMirelle Pinheiro/Metrópoles

Moradores de Águas Claras reagiram a uma mensagem propagada em carro de som na manhã desta quinta-feira (09/04). Uma mulher, ainda não identificada, percorreu as ruas da região em cima de um trioelétrico cobrando a abertura do comércio e afirmando que as pessoas podem sair do isolamento social. Segundo ela, basta usar a máscara, manter o distanciamento e utilizar também álcool em gel.

A mensagem da mulher, que afronta decreto do GDF e também a recomendação dos especialistas em saúde pública, não foi bem recebida por alguns. Moradores e condutores chegaram a gritar e buzinar em protesto. Mais cedo, um outro veículo passou na cidade recomendando que todos fiquem em casa. Em meio à pandemia do novo coronavírus, carros de som com religiosos fazendo orações também se tornam comuns na cidade.

Bombeiros
O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar do Distrito  Federal estão fazendo um trabalho de conscientização e reforçando a importância do isolamento social.

Por meio sonoro, as viaturas da PM emitem o seguinte aviso: “Atenção, população do Distrito Federal: a Polícia Militar recomenda que todos permaneçam em suas casas. O sucesso das medidas de prevenção depende da ação de cada um de nós.”

O PMDF informou que resolveu orientar a população depois de observar que, mesmo com as recomendações dos órgãos de saúde, muitas pessoas permaneciam na rua fazendo atividades físicas e consumindo bebida alcoólica.

O Corpo de Bombeiros, por determinação do governador Ibaneis Rocha (MDB), passou a fazer o alerta em março, dando dicas de prevenção e orientando sobre os sintomas e ligações de emergência. Um vídeo foi gravado por moradores de Águas Claras. Confira:

DF é a região que mais respeita o isolamento
Uma empresa de software, usando programa de georreferência, apontou que o Distrito Federal é a unidade federativa na qual as pessoas mais respeitam o isolamento social. De acordo com o levantamento, 56,47% da população na capital do país ficaram em casa no dia 7 de abril, seguindo a quarentena contra o contágio do novo coronavírus.

A pesquisa da In Loco também aponta que Goiás (56,28%) e Pernambuco (53%) vêm logo atrás do DF. Na lista, o estado de Tocantins ocupa o último no lugar quando o assunto é a obediência ao isolamento: 40,79% das pessoas permanecem em casa.

O número apresentado pelo Distrito Federal, porém, não é algo a se comemorar. A empresa criou o Índice de Isolamento Social desde o início de fevereiro. E a capital do país já esteve melhor.

Em medição feita no dia 22 de março, o índice encostou nos 70%. E mesmo no último domingo (05/04), o número ultrapassou os 60% da população que ficou dentro das residências no DF.

No Distrito Federal, o comércio, respeitando as exceções, não pode funcionar até 3 de maio. As escolas devem ficar fechadas até 31 de maio.

 

Últimas notícias