Após quase cinco anos fechado, Espaço Cultural Renato Russo é reaberto

Ações de grafiteiros, abertura da exposição de arte Ondeandaaonda 3 e show de Ellen Oléria devem marcar reinauguração do local

atualizado 29/06/2018 13:33

Igo Estrela/Metrópoles

Um dos refúgios artísticos mais queridos de Brasília, o Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul) finalmente terá suas portas reabertas neste sábado (30/6) – veja programação mais abaixo. O orçamento da revitalização, iniciada em setembro de 2016, ficou em R$ 6,2 milhões.

Fechado desde dezembro de 2013, quando foi interditado pelo Corpo de Bombeiros e pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), o local passou por reformas estruturais e restauração dos ambientes internos, adequação de acessibilidade, com instalação de elevador, instalação de novos equipamentos de som, projeção e iluminação e revisão hidráulica e elétrica.

“Tudo absolutamente resolvido e com equipamento de primeira qualidade, que talvez o espaço nunca tenha tido. Atende inteiramente a necessidade técnica de qualquer tipo de espetáculo e atividade”, garante o secretário de Cultura, Guilherme Reis.

Sob direção da mesma gestora anterior ao fechamento, Johanne Madsen, a nova fase do espaço 508 será marcada por uma curadoria compartilhada da programação, dividida entre a Secretaria de Cultura e uma organização social escolhida por meio de chamamento público. Cinco propostas foram recebidas e o resultado deverá ser divulgado em julho.

Veja imagens da reforma:

0

 

“É a cultura de Brasília voltando para uma de suas casas”, comenta Reis. “Esse espaço tem tradição, história e função social que terá continuidade. Também estamos em conversas com a Secretaria de Educação para manter algo tradicional: a participação de alguns professores do sistema de ensino, principalmente das artes”, completa.

Cidade ainda é órfã de equipamentos culturais
Inicialmente, o espaço da 508 seria devolvido à população em março de 2017. Depois, mais um adiamento empurrou a entrega para outubro daquele ano. Antes da confirmação da reabertura para 30 de junho, a última previsão prometia reinauguração em fevereiro de 2018.

Também desativado em 2013, o Centro de Dança voltou a operar em fevereiro de 2018. Outras instituições da cidade permanecem fechadas. O Museu de Arte de Brasília (MAB) segue sem abrir desde 2007. As reformas foram iniciadas em outubro do ano passado e ainda não têm data para terminar.

Há quatro anos sem funcionar, o Teatro Nacional Cláudio Santoro tem reinauguração prevista para acontecer em etapas. Por ora, apenas o foyer foi reativado. As obras na Sala Martins Pena devem começar até o fim de 2018.

Confira a programação da reabertura do Espaço Cultural Renato Russo:

 30/6 (sábado)

A partir das 14h – Atividades externas com grafite, DJs e food trucks (W2 Sul)

16h – Reabertura do Espaço Cultural Renato Russo

16h30 – Inauguração da exposição coletiva Ondeandaonda 3 (Galerias Parangolé, Rubem Valentim, Praça Central e Mezanino)

18h às 19h30 – Intervenção circense do Coletivo Instrumento de Ver e performance Memória Presente, dirigida por Hugo Rodas, com os grupos teatrais ATA, TEAC e atores convidados (Sala Multiuso)

19h30 às 21h – Show de Éllen Oléria convida, com Renato de Vasconcellos, Leonel Laterza e Rodrigo Bezerra (Teatro Galpão)

1º/7 (domingo)

16h às 18h30 – Sessão do filme Rock Brasília seguida de debate com o diretor Vladimir Carvalho (Sala Marco Antônio Guimarães)

18h30 às 20h – Performance Ziriguidum do Além de Renato Mattos (Mezanino)

Performances Ondeandaonda 3 (Galerias Parangolé e Rubem Valentim)

Intervenção circense do Coletivo Instrumento de Ver e Performance Memória Presente, dirigida por Hugo Rodas, com os grupos teatrais ATA, TEAC e atores convidados (Sala Multiuso)

Mais lidas
Últimas notícias