Tribunal suspende pena de técnico banido por abuso sexual

Ex-técnico da Seleção Brasileira de ginástica artística, Fernando Carvalho Lopes foi acusado de abuso sexual entre 1990 e 2016

atualizado 13/06/2020 13:01

O Tribunal de Justiça de Sergipe reverteu o banimento do ex-técnico da Seleção Brasileira de ginástica artística, Fernando de Carvalho Lopes. Com a decisão, Fernando pode voltar a ser treinador, inclusive de ginástica artística, até o mérito da ação seja julgado e uma decisão definitiva seja tomada. As informações são do blog Lei em Campo, do Uol.

Fernando é acusado de abusos sexuais contra crianças e adolescentes entre 1999 e 2016. Ele havia sido banido da modalidade em março do ano passado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da ginástica.

Em primeira instância no STJD da ginástica, em novembro de 2018, Fernando havia sido condenado a quase 1.500 dias de suspensão, além de multa de R$ 300 mil. O Pleno do STJD da ginástica reformou a decisão e este é o motivo alegado pela defesa de Fernando para anular a sentença.

A defesa do ex-técnico argumentou que, em decorrência do processo, Fernando foi desligado do clube privado em que trabalhava (MESC, em São Bernardo do Campo). Fernando mantém ainda emprego na prefeitura de Diadema, mas que ele pode perder já que tramita sindicância, cujo resultado poderá ser sua demissão, a depender dos resultados de processos administrativos e judiciais em trâmite.

Vídeos
Mais lidas
Últimas notícias