Neymar, o fiel da balança na Seleção Brasileira desde 2010

O Metrópoles mensurou o "fator craque" ao analisar todos os jogos desde a estreia do atacante com a camisa amarela. Confira o resultado.

APROVEITAMENTO DA SELEÇÃO DESDE A ESTREIA DE NEYMAR

Sem Neymar, que se recupera de cirurgia no pé direito e deve voltar a campo só em maio, a Seleção Brasileira enfrenta a Rússia, nesta sexta-feira (23/3), às 13h (de Brasília), em amistoso no Estádio Luzhniki. O Brasil também não terá seu principal jogador contra a Alemanha, segunda-feira (27), no derradeiro compromisso da agenda verde-amarela antes da convocação final para a Copa do Mundo. Que sejam os últimos jogos com ausência de Neymar até o fim do Mundial russo. O desfalque do atacante representa um grande baque no desempenho da Seleção. Levantamento do Metrópoles aponta que a presença do jogador aumenta em 10 pontos percentuais o aproveitamento da equipe.

Desde a estreia de Neymar com a camisa canarinho, em 10 de agosto de 2010, a Seleção Brasileira adulta disputou 102 partidas. O atacante jogou 83 delas: foram 58 vitórias, 17 empates e oito derrotas com ele em campo. Um aproveitamento de 76,71% – considerando, como base de cálculo, 3 pontos para cada triunfo e 1 ponto por empate. Nos 19 confrontos sem Neymar, o Brasil conseguiu 66,67% da pontuação possível: ganhou 12, empatou dois e e perdeu cinco.

Entre os resultados adversos com desfalque da estrela do Paris Saint-Germain, está a derrota mais acachapante da história da Seleção Brasileira: aquele inesquecível 7 x 1 para a Alemanha, no Mineirão, na semifinal da Copa de 2014. No mesmo Mundial, também com o craque no estaleiro, mais um revés: 3 x 0 para a Holanda na disputa do terceiro lugar.

Outro que faz diferença no time nacional é o técnico Tite. Desde que assumiu o comando da equipe, em 1º de setembro de 2016, nos 3 x 0 em cima do Equador pelas Eliminatórias da Copa, o Brasil obteve aproveitamento de 82,35%. Foram 17 jogos: 13 vitórias, três empates e apenas uma derrota – em amistoso contra a Argentina, sem Neymar. Veja abaixo os números do atacante e da Seleção nos últimos sete anos e sete meses, além do desempenho do time com o treinador que o comandará no Mundial:

JOGOS DESDE A ESTREIA DE NEYMAR NA SELEÇÃO
Compartilhe:

DIRETORA DE REDAÇÃO: LILIAN TAHAN

EDITORA-CHEFE: MARIA EUGÊNIA MOREIRA

REPORTAGEM: CLAUDIO FERNANDES

EDIÇÃO: CLAUDIO FERNANDES

EDIÇÃO DE ARTE: GUILHERME PRÍMOLA

DESIGNER: MOISÉS DIAS

ILUSTRAÇÃO: CÍCERO LOPES

REVISÃO: DENISE COSTA/VIVIANE NOVAIS

TECNOLOGIA: ALLAN RABELO/JHONANTANS ROCHA/JONATAS DELFORGE