Com coronavírus, mulher é sedada e não sabe que deu à luz o filho

Megan Sites, de 27 anos, estava com sintomas leves, mas decidiu ser testada por estar grávida de sete meses. Em 24 horas, piorou

atualizado 17/04/2020 13:30

Reprodução/GoFoundMe

Uma enfermeira americana precisou dar à luz seu filho na última semana, enquanto estava sedada e respirando com ajuda de aparelhos devido ao novo coronavírus.

Segundo reportagem da People, Megan Sites, de 27 anos, estava com sintomas leves, mas decidiu ser testada por estar grávida de sete meses.

A situação, no entanto, piorou de um dia para o outro e ela precisou ser sedada. “24 horas, foi horrível”, disse o irmão dela, em entrevista. Para salvar o bebê e diminuir os riscos para Megan, os familiares decidiram fazer uma cesária.

“Ela não sabe que teve um filho e que ele nasceu com 29 semanas”, contou Kacie, a cunhada da enfermeira.

Depois de dar luz, Megan foi colocada em ventilador e teve pequena melhora. Por conta da outra filha, o marido não pode visitá-la. O bebê, que ainda não tem nome, testou negativo para coronavírus em duas ocasiões distintas.

Mais lidas
Últimas notícias