Embaixador chinês em Israel é encontrado morto em Tel Aviv

Por ora, contudo, não há indícios de que a morte não tenha sido natural. Ele estava no país desde fevereiro

atualizado 17/05/2020 16:11

Embaixador chinês em Israeel Du WeiFoto: Embaixada chinesa em Israel

O embaixador da China em Israel, Du Wei, foi encontrado morto aos 57 anos em sua casa na capital Tel Aviv neste domingo (17/05). De acordo com o jornal New York Times, ele estava no país desde fevereiro.

Segundo a Agência France Presse (AFP), uma investigação foi aberta pela polícia israelense, mas ainda não há informações sobre a causa da morte. Por ora, contudo, não há indícios de que não tenha sido morte natural.

Inicialmente, o governo chinês atribui a morte a “problemas de saúde inespecíficos”.

Antes de chegar a Israel, Wei havia representado a China na Ucrânia, entre 2016 e 2019. Quando chegou à capital israelense, durante a pandemia do novo coronavírus no país asiático, ele ficou por duas semanas em quarentena.

Biografia
Membro do Ministério das Relações Exteriores da China desde 1989, Wei nasceu em Shandong, em 1962, e era mestre em Direito. Ele era casado e tinha um filho.

Mais lidas
Últimas notícias