OMS: “Isolamento é essencial, mas deve-se pensar no trabalhador”

Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde diz que as medidas são importantes, mas é preciso garantir o bem-estar da população

atualizado 30/03/2020 15:22

Durante a entrevista coletiva diária da Organização Mundial de Saúde (OMS), o diretor-geral do órgão, Tedros Ghebreyesus, afirmou que os lockdowns, como estão sendo chamadas as quarentenas determinadas pelos governos ao redor do planeta, são importantes e constituem, na sua avaliação, a melhor forma de lidar com o coronavírus. “As medidas de isolamento social nos fizeram ganhar tempo.”

Porém, Ghebreyesus lembrou da necessidade de proteger a população que precisa trabalhar diariamente, não importa a idade, para comprar o “pão de cada dia”.

“Os governos têm de levar em conta as necessidades dessas pessoas. Se estamos fechando ou limitando o movimento, precisamos pensar nelas. O impacto na economia tem a ver com vários fatores, mas precisamos saber o que isso significa para o indivíduo que precisa sair para sobreviver. Venho de uma família pobre e sei o que significa se preocupar com o que comer amanhã”, afirma o diretor-geral.

Mais lidas
Últimas notícias