Após ser cobrada, Meghan Markle se posiciona sobre execução de George Floyd

"A vida dele importava", disse a esposa do príncipe Harry. Ela ainda explicou que teve medo de se posionar antes e que errou por isso

atualizado 04/06/2020 19:50

Getty Images

A duquesa de Sussex, Meghan Markle, decidiu se posicionar sobre o assassinato de George Floyd. O caso motivou uma série de protestos contra o racismo no mundo, mas ainda não havia sido comentado pela esposa do príncipe Harry, que já afirmou ter sido vítima de preconceito.

Em um vídeo gravado para a formatura dos alunos da Immaculate Heart, escola católica de Los Angeles onde estudou na adolescência, Meghan declarou que a vida de George importa e admitiu que foi errado esperar mais de uma semana para comentar sobre o episódio.

0

A decisão de não falar sobre o assunto em um primeiro momento desagradou os seguidores da duquesa. Com isso, um vídeo de 2012, em que a atriz fala sobre o racismo que sofreu ao longo da vida, acabou viralizando na terça-feira (03/06). “Me atingiu de uma maneira muito forte”, dizia ela em um trecho.

“Eu não tinha certeza do que poderia lhe dizer. Eu queria dizer a coisa certa e fiquei muito nervosa de não conseguir ou de que isso fosse visto de forma separada. E percebi que a única coisa errada a dizer é não dizer nada”, declarou a atriz.

Mais lidas
Últimas notícias