Coronavírus: uso de maquiagem torna proteção da máscara ineficaz

A aplicação de cosméticos traz impurezas para a pele e pode prejudicar a filtragem do ar, aponta especialista

atualizado 13/05/2020 12:42

Mulher com máscaraozgurdonnmaz/ GETTYIMAGES

A máscara facial reduz o risco de contaminação pelo novo coronavírus e, por isso, deve ser usada sempre que for preciso sair de casa. Para garantir a eficácia completa desse acessório de proteção, no entanto, é preciso tomar alguns cuidados, como evitar a aplicação de produtos de maquiagem.

“A maquiagem pode diminuir a filtragem do ar, reduzindo a eficácia da máscara na hora de impedir a passagem do novo coronavírus”, explica a dermatologista Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

De acordo com a especialista, essa recomendação, apesar de não ser muito comentada, é de extrema importância, principalmente no caso das máscaras cirúrgicas descartáveis e n95.

“Tal cuidado é fundamental, também, pois ajuda a conservar as máscaras, que estão em falta no mercado, já que, ao entrar em contato com a maquiagem, o equipamento é considerado contaminado e precisa ser descartado”, diz a médica.

0

Por isso, o recomendado é, antes de usar a máscara, independentemente do tipo, evitar aplicar qualquer maquiagem na pele, seja pó, base, batom ou blush. Os produtos para a área dos olhos, como máscara de cílios e delineador, estão liberados.

E o alerta não vale apenas para maquiagens, mas sim para qualquer tipo de cosmético que possa depositar impurezas na máscara, incluindo alguns tipos de loções pós-barba e produtos skincare, como fotoprotetores com base e cremes hidratantes.

“Em relação aos produtos de skincare, o ideal é optar por aqueles formulados em veículos mais leves, como séruns e géis, e esperá-los secar completamente antes de colocar o acessório de proteção”, aconselha Kédima.

Outros cuidados

Além de abolir o uso de maquiagem e outros cosméticos, é importante certificar-se de que o equipamento está bem posicionado, cobrindo corretamente a boca e o nariz.

“Ainda é fundamental que você saiba o momento certo de descartar o equipamento de proteção. Enquanto as máscaras cirúrgicas descartáveis devem ser jogadas fora após 4 horas de uso ou quando ficarem úmida, as máscaras n95 têm duração de doze horas. Por fim, as máscaras de tecido feitas em casa devem ser lavadas após cada uso”, orienta a profissional.

0
Obrigatoriedade

O uso de máscaras de proteção facial no Distrito Federal é obrigatório desde o fim de abril. A multa a partir de R$ 2 mil para quem desobedecer a norma começa a valer a partir de 11 de maio.

Mais lidas
Últimas notícias